domingo, 23 de dezembro de 2012

Receita de mãe: feliz começar de novo!

Esta semana, um assunto que deu o que falar foi o tal do ‘fim do mundo’ que, naturalmente, não aconteceu. Nem ia acontecer: esse folclore todo começou a partir de uma interpretação equivocada do calendário Maia, uma das muitas heranças deixadas por esse povo que, até hoje, nos intriga e fascina pela inteligência e desenvolvimento de conceitos que mudaram a nossa forma de pensar. Foram eles, por exemplo, que criaram o conceito do número zero. Tão abstrato e, ao mesmo tempo, fundamental para o desenvolvimento da civilização. Mas isso já é outra história...

Muito barulho por nada. O fato é que os Maias desenvolveram diversos calendários e contavam o tempo de forma circular, cíclica. Sendo assim, o que aconteceu na última sexta-feira - no tão alardeado dia 21/12/2012 - foi o encerramento de um ciclo e o começo de outra Era.

Quando chega o Natal, fala-se muito em renovação, novos tempos, recomeço. Pois então, para legitimar esse clichê, com ou sem fim do mundo, o que eu quero desejar hoje é um Natal de recomeço para todo mundo. Mas não da boca pra fora ou apenas nas matérias de jornal e televisão. Que seja, mesmo, um momento de reflexão e renovação de bons valores; De solidariedade e de partilha. Afinal, ninguém vive só no mundo. É preciso compartilhar.



Os Maias é que estavam certos: o fim do mundo só existe para quem acredita nele. A vida não para nunca, se renova sempre e todos os dias temos a oportunidade de recomeçar. Ainda bem!

Um feliz Natal para você, sua família e seus amigos. Que seja um domingo especial para todos!

P.S.: Esta semana, enquanto o 'Fim do Mundo' dava o que falar, a Coca-Cola lançou um olhar sobre a renovação da vida. Como sempre, houve quem protestasse, mas, para mim, o que vale é o exemplo de uma marca que sabe, como poucas, se comunicar com seus fãs.

Assista:


Um comentário:

Ocorreu um erro neste gadget