quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Receita de Tecnologia: Quem sabe mais sobre você: Google, Facebook ou o seu cartão de crédito?


Faço a pergunta e já respondo: quem mais conhece o nosso comportamento de consumo é o nosso cartão de crédito (os vários que muita gente possui). Vamos aprofundar essa conversa, explicando o que é esse tal de consumo.

O Google virou um grande catálogo e enciclopédia. Está tudo lá: guia de endereços, mapas, informações etc. Tudo é perguntado – e respondido – no Google. E, como não existe nada de graça nesse mundo, o Google usa toda a combinação de nossas buscas e respostas selecionadas para nos exibir seus anúncios e links patrocinados. Ou seja: quando buscamos receitas de brigadeiro na Internet, por exemplo, as empresas de chocolate encontram na gente seu público-alvo. Fácil de entender, não é?

No Facebook, a lógica é a mesma: quanto mais navegamos por suas páginas, mais vamos dando ‘pistas’ sobre o que nos interessa e que tipos de informações consumimos. Vale tudo: futebol, livros, receitas e – por que não? – sexo. O mais legal no Face (que a gente já se acostumou a chamar assim mesmo, pelo apelido, como se fosse um amigo) é que as nossas buscas são sempre compartilhadas com nossos amigos. Com isso, o FB, numa tacada só, fatura informações relevantes sobre o nosso perfil e do nosso círculo de amizades.

Tá, mas e o que ele faz com isso? A grande moeda da vez é o consumo de informação. O que nós estamos em busca para comprar, usar, comer, nos divertir e tantas outras coisas que compramos dia-a-dia. Assim como o colega Google, o Face divulga seus anúncios direto no alvo: produtos, serviços e ofertas que têm a cara daquilo que estamos buscando. E ainda tem gente que acha que isso é só coincidência...! No universo virtual, não existem coincidências. É tudo cartesiano.

E o que dizer dos nossos cartões de crédito e débito? Eles não acham nada. Eles têm certeza! Ditam o nosso melhor dia para comprar, sabem o tipo de lojas que costumamos frequentar, o que comemos, para onde vamos. E pra quê tudo isso? Simples, pessoal: cada vez mais, as empresas refinam a busca por informações sobre nós, na tentativa de realizar nossos sonhos. De consumo, claro. E, a propósito, consumir é bom demais e, se for de maneira consciente, fica melhor ainda. Seu orçamento e suas finanças agradecem!

Beijos, Abraços e até a semana que vem.

Um comentário:

  1. Muito bom o post!! Nunca lembrava do cartão de crédito!

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget