domingo, 14 de outubro de 2012

Receita de mãe: E mãe tem receita?


Quem é mãe sabe: não existe uma fórmula pronta para exercer esse papel. Ainda bem. Se fosse assim, seria muito fácil. E sem graça também.

Mãe é amor, doçura e conforto, mas não é como receita de brigadeiro, que é só seguir o passo a passo e achar o ponto certo; Mãe também é remédio (beijo de mãe cura qualquer coisa, né não?), mas não vem com bula; Muitas vezes, a mão segura e carinhosa da mãe da gente é a solução que faltava para aquele nosso aperreio, mas ela não vem com manual de instruções... E é bom que não venha mesmo, sabe?

Eu ainda estou no começo dessa caminhada, mas já posso afirmar com a certeza de uma veterana que, a cada dia, ser mãe me reserva uma nova descoberta, um novo aprendizado, muitos sorrisos e a certeza de um amor que só cresce, e que é diferente de tudo o que você já viu ou sentiu. Para mim, ser mãe não é padecer no Paraíso. Na verdade, sinto como seu eu estivesse mais perto do Paraíso. E não é da boca pra fora. É assim, de verdade mesmo! 


Respondendo à pergunta do título deste post, não existe receita pronta para ser mãe. Cada uma tem seu jeito, seu estilo, seus truques e carinhos. É isso o que faz de cada mãe uma criatura única, capaz de gerar filhos tão singulares, ainda que tenham vindo da mesma barriga. Só uma coisa não pode faltar: afeto e presença.

A partir de hoje, o meu domingo vai ganhar a pitadinha de um tempero para tornar ainda mais gostoso este, que é um dia especial por natureza: o prazer de dividir com quem é pai e mãe (ou que ainda vai ser) as surpresas de uma experiência que, ao mesmo tempo, nos iguala a todos os mamíferos do Planeta e nos aproxima ainda mais de Deus.

Aproveite bem esse finalzinho de feriadão. Um abraço e até domingo que vem!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget