terça-feira, 5 de junho de 2012

Matéria da Dessert na Folha de Pernambuco

Algumas pessoas não tiveram acesso a matéria da Dessert da semana passada, então atendendo à pedidos, coloco aqui a matéria!

Dessert é negócio de pequenas alegrias açucaradas
Do divã ao livro de sobremesas, Marcela Allain se divide entre a psicologia e os mimos de açúcar

01/06/2012 02:05 - EDUARDO SENA

Fotos: André Nery
DOCES tradicionais e adaptações de clássicos compõem o repertório de Marcela



Entre as muitas coisas que a globalização gastronômica (e a subsequente contemporanização da culinária) propiciou, foi a presença do espírito de chef em cada um de nós. Atualmente, em se tratando de cozinha, nada é inexorável, tudo pode ganhar outras possibilidades. E esse inconformismo com o clássico não é inerente apenas aos cozinheiros profissionais. É o caso da psicóloga Marcela Allain, que apesar de nunca ter mexido uma panela de brigadeiro sequer, há pouco menos de dois anos, projetou-se no mercado de doces finos, lançando a marca Dessert - anglicismo que evoca sobremesa, com o selo de oferecer doces tradicionais com um novo olhar.

Motivada pela irmã que queria abrir algo do gênero com doces típicos brasileiros, no Canadá, a psicóloga fez o caminho inverso e criou em solo tupiniquim a empresa com referências à doçaria internacional. Quando fez a festa de lançamento da marca, recebeu de pronto o pedido de uma amiga prestes a se casar: três mil docinhos. Um parênteses. A falta de experiência da nova doceira não é nem de longe um problema na confecção e, consequentemente, no resultado da qualidade dos doces. Pelo contrário, encontramos gratas surpresas nas mais de 35 opções das guloseimas disponíveis no portfólio.

Como já foi dito, a marca bebe na fonte de doces famosos mundialmente com Marcela dando uma “abrasileirada” nas receitas, como também promove releituras nos clássicos nacionais. Va­mos a alguns deles. O minireese´s é uma versão reduzida do Reese´s, chocolate famoso nos Estados Unidos, em que a pasta de amendoim é envolta por chocolate meio amargo. Nas mãos da pernambucana ainda recebe por cima farofa de amendoim. Igualmente norte-americano, mas devidamente consagrado por aqui, o cheesecake também ficou menor, traduzido no minicheesecake de frutas do bosque, com base de massa crocante, recheio cremoso de queijo, coberto por geleia agridoce de frutas vermelhas.

No capítulo regional, também é possível ver modificações. Nosso tradicional beijinho de coco ganhou o plus da crocância com o acréscimo de recheio de bolinho de goma. O bolo de noiva chega em formato finger food* e com cobertura de chocolate branco. Já a telha de amêndoas traz brigadeiro de doce de leite cravejado de lâminas de amêndoas. O cardápio ainda contempla, brownies, palha italiana* e brigadeiros gourmets, entre tantas outras pequenas alegrias doces. A Dessert aceita encomendas com o número mínimo de dez guloseimas de um mesmo tipo e a apresentação será adequada para cada tipo de evento.

Glossário

*finger food - comidas pequenas para comer com as mãos de uma só vez

*palha italiana - doce feito à base de biscoito e brigadeiro

Com carinho, Dessert.

Um comentário:

Ocorreu um erro neste gadget