sexta-feira, 27 de abril de 2012

receita de sexta: aqui, ali e em todo lugar.

Não poderia deixar passar em branco o maior espetáculo musical que nossa cidade já recebeu. Quem teve a oportunidade de ir ao Arruda assistir, ouvir, cantar, contemplar e admirar Paul McCartney sabe muito bem do que eu to falando. Profissionalismo, simpatia, talento, história, tudo está representado na pessoa do eterno beatle.

Beirando os setentinha, o velho inglês mostrou que ainda pode fazer muito bonito ao vivo. Mesmo com muito calor, Sir James Paul McCartney fez quase 3 horas de show passeando por toda sua carreira desde beatles até o último disco lançado ano passado. Meus amigos, é muito talento.

Alguns veículos de fora do estado chegaram a criticar a apatia e o desinteresse do público de forma pejorativa, esquecendo da música, como se estivessem esperando gritos de "lindo, lindo". Não precisamos ser histéricos pra demonstrar admiração. Não precisamos cantar todas as músicas até rasgar as cordas vocais. Precisamos mesmo é prestar bem atenção numa lenda viva bem ali na nossa frente.

Outra coisa que me impressionou também foi a pouca cobertura da mídia nacional. Nas últimas duas passagens pelo Brasil, toda imprensa do sudeste acompanhou os passos do ídolo com cobertura dos shows e tudo que acontecia enquanto ele estava no país. Agora eu não vi nada. Engraçado né? Vai ver foi porque Paul levantou a bandeira de Pernambuco como se fosse uma nação e a turma ficou meio magoada. Vai saber.

O que interessa é que não estávamos numa farra de final de semana ou num show de uma banda de amigos legais. A grande maioria estava ali por um motivo muito maior: contemplação. Seja pela segunda, terceira ou quarta vez. Não interessa. Estávamos todos ali numa história pro resto de nossas vidas.

E eu pude curtir de todas as formas, ao lado de Aline e bem pertinho do palco, esse que foi o maior espetáculo da terra, onde tudo no palco funcionava perfeitamente bem. Banda, som, luz, telão do palco, telão do público, fogos! Amigo, você pode até não gostar mas precisa admitir: Paul McCartney é o maior artista pop da história da música mundial. Aqui, ali e em todo lugar que ele passar.




2 comentários:

  1. Foi lindo! Inesquecível estar tão pertinho e sentir o calor dos fogos que vinha do palco. O público estava apaixonado, encantado. Paul arrasou mesmo, o show foi perfeito!

    ResponderExcluir
  2. O show foi maravilhoso!!!! Inesquecível mesmo!

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget